Blog do Multiuso

Há três anos fazendo de tudo um pouco

Dias atuais

Cara, eu tava vindo no trem hoje pensando no que as vezes eu escutava quando ia pra igreja: “o mundo jaz no maligno”.

Parei pra pensar nisso pois conheço uma galera que vive na maior pegação. E quando digo pegação, não to falando de pessoas solteiras que trocam chocolates e dão selinho. Me refiro a pessoas comprometidas, namorados, noivos, até mesmo pessoas casadas, ficando com um, dois, três e muitas outras pessoas novas. Porém continuam com seus compromissos como se isso fosse a coisa mais normal do mundo.

Em primeiro lugar, não estou julgando ninguém, eu não sou o dono da verdade. Acontece que (pelo menos na minha arcaica concepção) quando você assume um compromisso, a primeira coisa que se espera é fidelidade e confiança.

Eu tenho presenciado fortemente esse tipo de coisa, o que começou a me deixar meio… meio… não sei explicar. Sabe, me deu uma vontade de olhar pro alto e dizer: “me tira daqui, por favor?”

Semana passada eu estava conversando com uma garota que gosta de um rapaz que tem um compromisso sério. Aí eu disse pra ela que o cara ia casar, e não ia abandonar a noiva pra ficar com ela.

Se fosse eu no lugar dela teria pensado: “verdade, a pessoa já tem um compromisso, deixa quieto”, porém a resposta que ouvi foi diferente. Essa garota disse-me que não se importava com o compromisso do cara, afinal, se há um traidor na história, não é ela e sim o cara.

Realmente, a lógica não está incorreta. Mas é como cometer um roubo. Você não precisa participar diretamente, basta facilitar e pronto, você também é um assaltante.

Isso me deu nojo. As pessoas inventam “jeitinhos e filosofias” pra dizer que o incorreto é aceitável.

Não quero pregar nenhuma santidade ou puritanismo nesse blog, mas cara, eu não consigo cara, sinceramente não consigo ver essas coisas e achar normal. Podem me chamar de velho, de ultrapassado, de quadrado, de estranho…

Parece que estamos em um tempo de confusão na mente e no coração das pessoas sabe? Parece que é normal trair. Estranho não?

Deixe sua opinião.

Uma resposta para “Dias atuais

  1. Adriano Vidal 17/08/2012 às 15:04

    Concordo plenamente o pior tipo de corrupto é aquele que começa pela família , amigos etc .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: